Ipê-amarelo

Ipês-amarelos enfeitando nossos jardins

No final de agosto, inicia-se a floração do ipê-amarelo, enfeitando e colorindo boa parte do Sul e Sudeste do país. Nossos jardins e vista para as montanhas têm proporcionado um belo espetáculo de amarelo radiante!

Ipê-amarelo

O ipê é uma das árvores mais belas do nosso país e foi eleita árvore-símbolo da cidade de Petrópolis. O município instituiu em seu calendário o “Dia do Ipê-amarelo”, comemorado no dia 28 de junho.

Ipê-amarelo Cunha

Normalmente durante o inverno, as folhas do ipê-amarelo caem e a árvore fica completamente despida. Próximo ao início da primavera, ela cobre-se inteiramente com sua floração amarela, dando origem ao famoso espetáculo do ipê-amarelo florido. Quanto mais frio e seco for o inverno, maior será a intensidade da florada.

Ipê amarelo Cunha

Seu nome científico Tabebuia, de origem tupi-guarani, significa pau ou madeira que flutua. A madeira dessa árvore é muito resistente e era usada na construção de telhados de igrejas durante os séculos XVII e XVIII. Nos dias atuais é usada na fabricação de artesanatos, instrumentos musicais, lápis, construção civil e naval e vários outros objetos.

Nossos jardins e vista para as montanhas têm proporcionado um belo espetáculo de amarelo radiante:

ipê-amarelo Cunha

ipê-amarelo Cunha

ipê-amarelo Cunha

ipê-amarelo Cunha                   Ipê amarelo

ipê-amarelo Cunha

Sua casca, entrecasca e folhas possuem propriedades medicinais que são utilizadas no tratamento de amidalites, estomatites, infecções renais, dermatites, varizes, pruridos, coceiras, eczemas e algumas doenças dos olhos. Também possuem propriedades analgésicas e cicatrizantes. Sua raiz é utilizada contra a gripe e seus brotos como depurativos e antisséptico. O ipê fornece ainda um corante amarelo, que é usado para a tintura.*

* Extraído do site Remédio caseiro

Ipê amarelo

Com o seu porte soberbo
de um amarelo solar
estende o ipê seu carpete
em beleza singular!

Ouça aqui a belíssima canção de Belchior, Ypê.